EMATER

Instituto de Inovação para o Desenvolvimento Rural Sustentável de Alagoas
Emater e Conab se reúnem para discutir projeto de pesquisa de preços de produtos da agricultura familiar

Emater e Conab se reúnem para discutir projeto de pesquisa de preços de produtos da agricultura familiar

O planejamento também prevê um levantamento para construção dos custos de produção dos itens mais importantes da cadeia produtiva

 

Uma equipe do Instituto de Inovação para o Desenvolvimento Rural Sustentável de Alagoas (Emater) se reuniu com o superintendente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) em Alagoas, Bruno Barros, para discutir a elaboração de um projeto de pesquisa de preços dos principais produtos da agricultura familiar no estado.

O encontro aconteceu na sede da Emater, no bairro de Jaraguá, em Maceió, nessa quinta-feira (1º). Participaram da reunião o presidente Moisés Leandro da Silva; a gerente de assistência técnica e extensão rural (ATER), Graça Seixas; e a zootecnista Cristina Cavalcante. 

O projeto também prevê um levantamento para construção dos custos de produção das principais  cadeias produtivas da agricultura familiar, como inhame, abacaxi, banana, milho, feijão, entre outras. O resultado desta parceria será utilizado como referência para as políticas públicas de compras institucionais por parte do governo, a exemplo do Programa Alimenta Brasil (PAB).

“É um trabalho de suma importância, uma vez que a ideia é organizar uma ação que dê conta de, sistematicamente, manter atualizados tanto os preços quanto os custos de produção, para que o agricultor familiar receba um valor justo pela colheita com condição de comparar a receita líquida obtida no momento da comercialização”, explicou o presidente Moisés Leandro.

A Emater tem a expectativa de construir um projeto específico em parceria com a Conab e, a partir disso, definir um plano de trabalho, para dar conta da demanda no estado.

“Um detalhe muito importante que devemos ressaltar é que isso vai favorecer não apenas o levantamento de preços, mas também o desenvolvimento das atividades do PAB, das pesquisas voltadas para o custo de produção agropecuária e ajudar, no que for necessário, a desenvolver a diversidade de culturas no nosso estado”, pontuou Bruno.

No próximo dia 15 de dezembro haverá outro encontro entre as instituições, no qual serão discutidas propostas que consolidam o objetivo dentro da parceria, para construir um planejamento que concretize o termo de cooperação entre as partes.

Fotos

Vídeos

    SIGA A GENTE  

    Governo do Estado de Alagoas
    © 2022 - Versão 1.0

    Minha Figura
    © 2022 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper

    menu

    Menu secundario

    Menu terciario (contato)