PAA executado pela Emater/AL entrega mais de 2,3 mil toneladas de alimentos em 2023

PAA executado pela Emater/AL entrega mais de 2,3 mil toneladas de alimentos em 2023

O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) é um forte instrumento para levar segurança alimentar às pessoas em situação de vulnerabilidade social e entregou, somente em 2023, mais de 2,3 mil toneladas de alimentos. Essa é uma iniciativa tocada com recursos do Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome e executada em parceria com o Governo de Alagoas - que tem compromisso firmado com o combate à fome no estado - através do Instituto para o Desenvolvimento Rural e Sustentável de Alagoas (Emater), dentro da modalidade de doação simultânea.


A execução do PAA teve início no mês de março e atendeu cerca de 98 mil famílias e quase 500 mil pessoas, com investimentos de R$5,8 milhões. São mais de 180 entidades recebedoras, entre associações e Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) - grupos da rede socioassistencial ou equipamentos públicos de segurança alimentar e da rede pública e filantrópica de ensino.


“Falar da execução desse programa é, de fato, falar sobre o compromisso que o Governo do nosso estado tem com as famílias, especialmente aquelas em situação de vulnerabilidade social. Tudo isso, de forma que os agricultores familiares de Alagoas possam também ter sua renda aumentada, criando mais oportunidades. Essa é uma relação onde todos saem ganhando, quem produz e quem recebe essa doação de alimentos de qualidade”, relata Moisés Leandro, diretor-presidente da Emater.


Entre os alimentos adquiridos para doação, o mais comprado foi a raiz de mandioca (macaxeira), acumulando mais de 900 toneladas entregues. Entre outros que também apresentam um número considerável, estão: abacaxi (mais de 223 toneladas), banana pacovan (mais de 266 toneladas), batata doce (mais de 196 toneladas), laranja lima (mais de 166 toneladas) e melancia (mais de 120 toneladas).


"O PAA é uma política pública aliada na ampliação da qualidade do alimento que é oferecido a crianças, jovens e idosos que vivem em situação de insegurança alimentar e nutricional. Com o programa, conseguimos fazer uma articulação entre a produção da agricultura familiar e as famílias alagoanas, ajudando no combate à fome, mas também gerando renda para os produtores e assegurando a permanência da mulher e do homem no campo", fala a secretária de Agricultura e Pecuária, Carla Dantas.


As compras são feitas diretamente dos produtores da agricultura familiar de Alagoas, abrindo portas para a comercialização. Foram 1270 agricultores beneficiados como fornecedores de alimentos para o Programa a exemplo do senhor Wilton Rocha, do Sítio Itaquaúna, em Taquarana, no Agreste de Alagoas.


“Tenho prazer em dizer que tenho uma parceria junto a Emater e o PAA, que é uma ferramenta muito útil na comercialização dos produtos. Eu tô aqui no Sítio, produzindo banana, e é muito importante, tanto pra mim, para escoar, vender os meus produtos, quanto para o beneficiário que recebe. Só tenho a agradecer a parceira que me dá um suporte legal aqui”, relata o produtor.


Mais de 60 cidades foram beneficiadas com as doações. As que mais receberam foram Arapiraca (mais de 400 toneladas), Ibateguara (mais de 128 toneladas), Maceió (mais de 149 toneladas), Murici (mais de 136 toneladas) e Palmeira dos Índios (mais de 127 toneladas).


“Venho aqui agradecer a Emater pela parceria que temos. Nós atendemos mais de 5 mil famílias aqui no Cras. São alimentos muito importantes para cada um dos beneficiários”, relata Daniela Paiva, do Cras da cidade.


A cidade de Delmiro Gouveia, no Sertão de Alagoas, recebeu mais de 88 toneladas de alimentos. Uma das entidades beneficiadas foi a Associação Beneficente Nossa Senhora do Rosário, que junto com a paróquia da cidade, executa os projetos Transformar e Conhecer para Crescer, na comunidade Ponto Chique, trabalhando diretamente com crianças e adolescentes.


“Estamos passando aqui para agradecer a Emater por tão grande feito com esse programa. A importância do PAA para a nossa comunidade é essa oferta de alimentos. E o mais importante: alimentos saudáveis. Essas crianças têm a oportunidade de se alimentar da forma correta aqui no projeto, bem como levar para as suas casas. A vocês que fazem parte da Emater, o nosso muito obrigado”, conta Flávia Hermínia, representante da Associação.


As entregas do PAA para o exercício de 2023 encerrou-se no mês de novembro. Para o 2024, o Ministério da Cidadania publicará um novo edital para que o programa possa ser executado, com provável início das entregas ainda no primeiro semestre.

Fotos

Vídeos

    SIGA A GENTE  

    Governo do Estado de Alagoas
    © 2021 - 2024 - Versão 1.0
    © 2024 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper

    menu

    Menu secundario